sábado, 16 de fevereiro de 2013

Garden update Primavera a começar?????

Os poejos estão em pleno. A lúcia-lima promete. O limoeiro tem pelo menos um limão em condições e há flores. Se fosse um urso estava agora a começar a acordar. Mas pensando melhor ainda é cedo. Preciso de mais sol.

Há sempre côco cá em casa

Era preciso fazer uma sobremesa rápida. Andava para experimentar esta receita da lume brando há tempos, vi a receita e pareceu-me bem. Fácil e com impacto. E como há sempre côco cá em casa ( por causa das ANSACs) era a escolha óbvia.
 Resolvi inovar e em metade das tacinhas coloquei lemon curd, cobri com o ganache de chocolate e gostei muito do resultado. Para a próxima - ah sim haverá uma próxima - farei com curd de maracujá.


 
A receita:
Taças de côco
1 cup ( 250 ml ) de côco ralado
1 clara de ovo
1/4 cup de açúcar.
 
Misturar bem todos os ingredientes e forrar as forminhas ( usei de empadas pequenas bem untadas com um pouco de óleo).
Levar ao forno a 180º por cerca de 10 a 15 minutos. Desenformar com jeitinho para não partir.
 
Ganache de chocolate
75ml de natas frescas a ferver ás quais se juntam 75 gr de chocolate negro partido. Bater bem.
Deixar arrefecer e rechear as tartes.
 
 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Só para provar que estava frio, e não fui só comer








Estava frio, precisava de calorias, e estas eram boas...


Carnaval frio e chuvoso por Terras do Bouro
Dia 1. 
Umas papas de sarrabulho, espessas, bem temperadas com cominhos, deliciosas. Todas para mim. Nisto não me acompanham.

Seguidas de um cozido, mas este já foi partilhado. mal seria...
  
e para rematar pudim Abade de Priscos.
 
 Dia 2
Rojões

 e leite creme queimado
Tudo no Cruzeiro em Santa Maria do Bouro

Sem direito a foto mas também muito bom, estava o cabrito assado e a costeleta de vitela.
Faltam ainda os lautos pequenos almoços da pousada que me arruinaram o apetite dos almoços, mas digamos que foram bem arruinados.

Jesuíta de Guimarães

Tortinhas e Toucinho do Céu da casa Costinhas, também de Guimarães. Um pecado conventual